Lumina Residence terá apartamentos mais confortáveis e eficientes

As estatísticas do Lumina Residence surpreendem. Seus apartamentos serão 52% mais confortáveis e 31% mais eficientes – representando uma economia média de R$ 163,00 na conta mensal de energia por unidade. Em relação aos edifícios convencionais, é uma redução de 40% (em dinheiro pode chegar a R$ 10 mil) do valor da instalação do sistema de ar condicionado, e de 58% do consumo energético do condomínio.

De acordo com Bruno Cerqueira Martinez, diretor técnico da empresa Petinelli*, de Curitiba, esses resultados são possíveis porque a Proma Construções e Negócios avaliou, ainda na fase do projeto, as medidas de eficiência energética e decidiu pelos itens que trarão mais benefícios e conforto aos moradores. Vidros de alta performance, sombreamento racional, cores claras nos acabamentos externos, além de iluminação em LED e sistema de ar condicionado, com tecnologia inverter nas áreas comuns, são algumas das medidas. “Com certeza, esse empreendimento é um produto premium”, garante.

Medidas de eficiência energética Lumina Residence

Softwares ajudam a prever a viabilidade técnico-financeira da obra

Martinez explica que a Proma solicitou um completo estudo de viabilidade técnico-financeira para a escolha dos vidros, do sistema construtivo, do isolamento térmico e da envoltória do empreendimento. “Hoje, existem softwares que são capazes de simular o comportamento térmico e energético de um edifício. De maneira dinâmica é possível avaliar as alternativas e propor a melhor solução na fase de projeto de uma construção”, destaca.

O profissional salienta que as equipes de projeto da Petinelli oferecem dados qualitativos para a tomada de decisão dos materiais e do sistema construtivo. “Só assim é possível quantificar os benefícios, isto é, fornecer os dados de desempenho. Essas informações são cada vez mais valiosas porque direcionam corretamente os investimentos, ampliam a qualidade do empreendimento, contribuem com a sustentabilidade e garantem soluções perante aos altos custos e desabastecimento ocasionados pela crise hidroenergética”, assegura.

A influência dos vidros no conforto térmico do apartamento

O vidro tem papel fundamental no conforto térmico, principalmente no que diz respeito à quantidade de radiação solar que penetra no ambiente. “Para cada tipologia de edifício, orientação, área, sombreamento e clima existe uma relação ideal de bloqueio de calor e entrada de iluminação natural. Os vidros do Lumina Residence foram cuidadosamente selecionados para otimizar essa relação – nos locais em que temos maior área de vidro (cozinha, sala de jantar e home theater) haverá um bloqueio de até 60% da radiação solar. Nos quartos e nas suítes, em que a área de vidro é menor, priorizamos a entrada de iluminação natural com vidros que permitem a penetração de 80% da luz visível. Essa escolha foi embasada nos resultados da simulação”, salienta.

Conforto térmico dos vidros do Lumina Residence

Desempenho, beleza, inovação, tecnologia, qualidade e preço – na opinião de Martinez, o Lumina Residence é um case de sucesso em Santa Catarina. “A Proma é uma construtora inovadora e que sempre busca novidades no mercado para oferecer o que há de melhor para o seu cliente. O Lumina Residence é resultado dessa visão. Em um mercado que está acostumado a fornecer e receber produtos de qualidade duvidosa, a Proma estabelece um novo patamar de qualidade ao construir esse empreendimento”, finaliza.

Quer ler essa entrevista na íntegra? Acesse a revista Proma: Equilíbrio

*A Petinelli é uma empresa de engenharia e consultoria técnica em construção sustentável. Desenvolve projetos de eficiência energética e no uso da água, de conforto e de qualidade do ar interno para edifícios novos e existentes. Fundada em 2009 e com escritórios em Curitiba, Porto Alegre e Balneário Camboriú, a Petinelli é líder de mercado na região sul, sendo responsável por 150 projetos de consultoria, nos últimos seis anos. Site: www.petinelli.com | E-mail: [email protected]


Deixe um comentário